A Linguagem Sagrada dos Hieróglifos

A Linguagem Sagrada dos Hieróglifos

00:00 / 00:00

Sinopse

Nossa escrita se afastou completamente das antigas tradições, especialmente depois de Aristóteles.
Tornou-se meramente um discurso linear que deveria – em tese – reproduzir com precisão um fato ou pensamento.
Já na escrita sagrada, hieroglífica( hiero= sagrado), o leitor deveria recriar e co-participar do que lia; não era um agente passivo, mas ativo no processo de recriação da leitura.
O objetivo era algo esquecido por nós: transportar o sagrado para uma compreensão pessoal, sem se desviar de seus ensinamentos fundamentais.