D. Pedro - A História Não Contada

D. Pedro - A História Não Contada

00:00 / 00:00

Sinopse

O primeiro imperador do Brasil foi um personagem que entrou nos livros de história, e no imaginário do brasileiro, cercado por uma aura a um só tempo caricatural e enigmática.
Muito se fala do grito às margens do Ipiranga, da sexualidade exacerbada e do jeito impaciente que lhe rendeu a pecha de monarca difícil e de pouco tato político. Mas quase duzentos anos depois de sua morte, pouco ainda se sabe do homem de personalidade complexa que se dispunha a morrer por uma causa; do pai que queria para os filhos a educação que reconhecia falhar em si próprio; do governante que foi protagonista na transição do absolutismo ao liberalismo e ao regime constitucional no Brasil. Foi para preencher as inúmeras lacunas sobre nosso primeiro imperador que este livro foi escrito.
Eis, enfim, a história não contada de d. Pedro. Ao morrer, d. Pedro deixou para as futuras gerações de brasileiros uma difícil tarefa: entender as muitas contradições da sua vida e extrair das suas memórias uma imagem fiel de sua personalidade, suas ideias, angústias e ambições. Até hoje, esta tarefa não havia sido bem cumprida. Em meio a um emaranhado de especulações e distorções históricas, restava ainda a interrogação :quem foi o primeiro imperador do Brasil?
Foi para responder a essa pergunta que Paulo Rezzutti recorreu a uma ampla gama de fontes primárias e documentos originais que revelam uma miríade de facetas desconhecidas de d. Pedro, e que lhe deram acesso à história não contada do nosso primeiro monarca – esta que agora você tem em mãos. Em lugar da caricatura que tomou conta do imaginário nacional, o autor nos apresenta o homem por trás do imperador, com todas as contradições e riqueza de personalidade que o transformam em um dos personagens mais interessantes da nossa história – um homem que, para além das muitas amantes, dos filhos ilegítimos e da fama de turrão, nos deixou como legado uma história de sacrifícios em prol da unidade nacional; um homem repleto de defeitos morais e contradições políticas, mas que esteve ligado a grandes passagens da história do liberalismo mundial, e que, acima de tudo, viveu uma vida intensa e repleta de humanidade.

Narrador

Alexandre Mercki

Alexandre Mercki

Alexandre Mercki, é radialista e jornalista, com graduações na Fundação Armando Álvares Penteado-FAAP e na Universidade São Judas Tadeu, respectivamente.
Narrador, dublador, dramaturgo e ator formado pelo Indac - Escola de Atores, faz parte da Cia Argentobrasileira de Teatro. Atuou nas montagens “ em “O Inspetor Geral”, de Gogol (2012); “A Dama Negra dos Sonetos”, de Bernard Shaw (2013), “Coisas Frágeis”, criação coletiva (2013); “Lisístrata”, de Aristófanes (2014); “Prometeu Acorrentado”, de Ésquilo (2014); “Boca de Ouro”, de Nelson Rodrigues (2015); “Biblioteca de Alexandria”, criação coletiva (2015); e “Os Outros Papéis”, de Carlos Gorostiza (2019).


Priscila Scholz

Priscila Scholz


Iniciou sua carreira em 1997. Como atriz já participou de inúmeros espetáculos adultos e infantis, e diversas produções de audiovisual. Sócia na empresa SóRiso Produções Teatrais Ltda., onde produz, dirige e cria peças teatrais.
Componente do Coletivo Flama e da Cia. Ópera do Mendigo. Narradora de audiolivros no aplicativo Tocalivros.