A POesia é Necessária

A POesia é Necessária

Sinopse

O livro A poesia é necessária, de acordo com Seffrin, trata-se de uma antologia da poesia brasileira selecionada por Rubem, que criou uma página, em 1953, para a revista Manchete, onde publicou semanalmente dezenas de poetas até 1956. Em 1979, retomou a coluna na Revista Nacional, tabloide que circulava encartado nos Diários associados, onde manteve a página até 1990, ano em que faleceu. O que Rubem Braga acabou por realizar com essa obra, talvez sem plena consciência disso e sem um projeto prévio, foi uma espécie de antologia nacional do gênero lírico, que cobre os cinco séculos da história do Brasil, desde o Padre Anchieta até poetas que continuam em atividade até hoje.

Autor

Rubem Braga nasceu em Cachoeiro de Itapemirim-ES, em 12 de janeiro de 1913. É considerado pela crítica e pelos estudiosos como um dos maiores cronistas do país. Foi jornalista e trabalhou em diversos veículos de comunicação do Brasil, além de ser correspondente de guerra na Europa durante a Segunda Guerra Mundial, pelo Diário Carioca. Morreu em dezembro de 1990, deixando mais de 15 mil crônicas escritas ao longo de mais de 62 anos de jornalismo. Pela Global Editora publicou Crônicas do Espírito Santo, Coisas Simples do Cotidiano, Rubem Braga – Crônicas para Jovens, Melhores Contos Rubem Braga, com seleção e prefácio de Davi Arrigucci Jr., e assinou a seleção e o prefácio de Melhores Poemas Casimiro de Abreu.