Cadeiras de rodas nunca mais

Cadeiras de rodas nunca mais

Sinopse

A autora conta sua experiência com a manifestação de uma doença rara do metabolismo (Porfiria Aguda Intermitente - PAI) que a levou à tetraparesia e a quase morte. Ela descreve com detalhes o agravamento da doença, as dificuldades médicas para a compreensão da enfermidade, o tempo até o diagnóstico e o andamento de sua recuperação física. Além de uma breve explicação a respeito do que as pesquisas médicas afirmam concernentes à PAI.Ademais, a Helena teve a sensibilidade de conseguir traduzir suas emoções em palavras de uma forma que o leitor consegue senti-las, acompanhando o desenrolar de cada desafio enfrentado em seus dias de muitos exames, de incertezas, de dores terríveis e sem nem um analgésico eficiente. Outro fato relevante, que chama muito a atenção em sua história, tanto para a manutenção de sua vida no decorrer da crise, quando esta lhe escapava aos poucos, como para que a cura se efetivasse, foi sua fé inabalável. No final de tudo, o médico lhe afirmou: “Não dá pra explicar o que aconteceu com a senhora diante de uma crise tão exacerbada de uma doença, até agora sem o conhecimento suficiente da medicina ou um protocolo definitivo de tratamento, e a senhora superou tudo isso.”