Negra nua crua

Negra nua crua

00:00 / 00:00

Sinopse

Mel Duarte
Mel Duarte é uma comunicadora com propósito, revolucionária do cotidiano que acredita nas palavras como ferramenta de transformação social.
A escritora, poeta, slammer e produtora cultural nasceu na primavera de 1988 em São Paulo (SP) e atua com literatura desde 2006.

Publicou os livros “Fragmentos Dispersos” (2013), “Negra Nua Crua” (2016, editora Ijumaa) traduzido para o espanhol “Negra Desnuda Cruda” (2018, ediciones ambulantes, Madrid, ES), "As bonecas da vó Maria" (2018, Itaú leia para uma criança), “Querem nos calar: Poemas para serem lidos em voz alta” (2019, Editora Planeta), “A descoberta de Adriel” (2020, Itaú leia para uma criança) e o mais recente “Colmeia: Poemas reunidos” (2021. Ed Philos).

Recentemente lançou o disco "Mormaço- Entre outras formas de calor” e também integrou durante quatro anos a coletiva Slam das Minas SP e durante seis anos o coletivo “Poetas Ambulantes”.

Autor

Mel Duarte
Mel Amaro Duarte
É poeta, slammer, produtora cultural e vídeomaker. Formada em comunicação social- RTV, a paulistana de 27 anos lançou seu primeiro livro, intitulado “Fragmentos Dispersos”, em 2013. Trabalha com literatura independente desde 2006 quando conheceu o movimento dos Saraus nas diversas regiões de São Paulo, cidade onde nasceu e vive e onde teve seu primeiro contato com a poesia ainda criança, aos oito anos de idade.
Teve suas obras publicadas em várias antologias, incluindo: ‘’Pelas Periferias do Brasil Vol 5’’, ‘’Poetas do Sarau Suburbano’’,  ‘’Perifeminas- Nossa História’’, “Pretexto de Mulheres Negras” , “Além dos quartos – Coletivo Louva Deusas” entre outros.  Faz parte dos coletivos “Poetas Ambulantes” e “Slam das Minas- SP”