Música impopular

Música impopular

Sinopse

Nesta nova edição, revista e ampliada, o leitor encontrará artigos, entrevistas, palestras, todos retrabalhados, para fornecer uma visão crítica abrangente do que foram os tortuosos labirintos da invenção sonora em diversos repertórios no revolucionário século que findou recentemente. Escrita pelo grande mestre Júlio Medaglia, o livro é uma excelente leitura para todos os estudiosos da música no Brasil.

Autor

Nasceu em São Paulo em 1938. Com uma bolsa do governo alemão formou-se na Meister Klasse em Regência Sinfônica pela Escola Superior de Música da Universidade de Freiburg, aperfeiçoando-se depois com Sir John Barbirolli. Além de sua atividade como maestro no Brasil e no exterior, foi também autor de mais de uma centena de trilhas sonoras para teatro, cinema e TV, tendo recebido vários prêmios. Ao lado de Gil e Caetano, foi um dos fundadores do Movimento Tropicalista, sendo, inclusive, o autor do arranjo original da música "Tropicália". Ensaísta, tradutor e autor, é membro da União Brasileira dos Escritores. Foi diretor da Rádio Roquete Pinto do Rio, supervisor musical e artístico da Rede Globo, diretor da Universidade Livre de Música e do Festival de Campos do Jordão, regente titular das sinfônicas do Teatro Municipal de São Paulo e do Teatro Nacional de Brasília e diretor artístico do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Para o Teatro Amazonas criou, com músicos de vários países do mundo, a Amazonas Filarmônica. Há mais de uma década dirige e apresenta um programa diário na Rádio Cultura de São Paulo. Pela Global Editora tem publicada a seguinte obra: Música Impopular, cabendo a ele também a revisão técnica de Dicionário Visual de Música, de Susan Sturrock.